O Blogueiro e suas “Fake News” | Astel - ESP
astel@astelsp.org.br
img-quemsomos-astel

O Blogueiro e suas “Fake News”

De novo o blogueiro volta à carga contra a ASTEL- São Paulo, que mantém um convênio de desconto em folha com a SISTEL para arrecadar as contribuições dos associados. Senhor blogueiro, a ASTEL necessita de contribuições dos associados para se manter, pois os nossos associados não são abastados.

Como sempre, este personagem não conta toda a história.

. Vamos, mais uma vez, contar os fatos e não a versão deturpada.

. Em 2003 a ASTEL- São Paulo, discordando de um acordo espúrio que a Fenapas pretendia fazer com a SISTEL, se opôs à criação do PAMA- PCE, uma vez que o mesmo não correspondia aos direitos adquiridos e interesses dos assistidos  do PBS-A (como se revelou com o tempo); em represália, a ASTEL-ESP foi expulsa da FENAPAS e teve seu convênio de desconto em folha com a SISTEL suspenso unilateralmente por quatro anos. Nossa associação rapidamente mudou o sistema de arrecadação e conseguiu minimizar ao máximo as consequências danosas deste ato.

Agora vêm as perguntas, que o indigitado blogueiro está desafiado a responder:

  • Quais foram manifestações de solidariedade da FENAPAS ou de qualquer outra associação de assistidos da SISTEL, diante da expulsão e cancelamento de desconto para a ASTEL-ESP ?

  • Porque a FENAPAS nunca executou a ação 001.107235-1, transitada em julgado, que garante a todos os usuários do PAMA o regulamento original, que é benéfico aos assistidos?

  • Porque o Sr. e seus amigos e parceiros insistem em pregar a desobediência a uma sentença com trânsito em julgado?

  • Durante anos a sua associação tinha a sede dentro da patrocinadora, qual era o acordo ou compromisso com a mesma para que isto ocorresse?

Por fim queremos reiterar nossas posições:

a-) somos contra as duas ações da FENAPAS para retirar o dinheiro posto no PAMA e impedir a sua capitalização plena, contradizendo a sentença com trânsito em julgado.

b-) nossas atitudes são bastante claras, defendemos a SISTEL, como entidade, pois no nosso entender ela pertence prioritariamente aos assistidos e na sua maioria do PBS-A, e somos os primeiros críticos dos atos da mesma quando podem lesar os direitos dos assistidos.

Portanto não serão as suas “Fake News” que irão enganar os assistidos do PBS-A.

Sr. Blogueiro, por mais que deseje, nunca acabará com a ASTEL-São Paulo.

ASTEL-São Paulo

Deixe uma resposta

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook
Facebook
contador de acessos