astel@astelsp.org.br
img-quemsomos-astel

50 +: Empresas abrem vagas só para profissionais maduros – Fonte: FOLHA DE SÃO PAULO

Melhor atendimento e menos faltas são alguns dos motivos de preferência por mais velhos.

A ex-secretária Ana Helena Sonoda, 60, já estava convencida de que sua idade era um empecilho para conseguir trabalho quando descobriu um anúncio de vaga cujo principal requisito era ter mais de 50 anos.

“Fiquei incrédula. Achava impossível que estivessem mesmo valorizando mão de obra da minha idade.”

Ela acabou conseguindo uma das 40 posições de auxiliar de aeroporto que a Gol abriu como parte de um programa de recrutamento só para profissionais mais velhos.

Além da Gol, a consultoria PwC, a seguradora Tokio Marine, o grupo DPSP (que controla as drogarias Pacheco e São Paulo) e a prestadora de serviços Telehelp são exemplos de empresas que começaram programas para a contratação exclusiva de profissionais com mais de 50 anos.

Essas iniciativas têm em comum tanto o foco em uma faixa etária mais avançada quanto o fato de serem muito recentes. Todas foram lançadas em 2017 e devem marcar o início de uma mudança de mentalidade das empresas em relação aos maduros.

Em 2013, menos de 4 em cada 10 empresas entrevistadas em um levantamento da própria PwC em parceria com a FGV-Eaesp achavam que a contratação de profissionais mais velhos era alternativa à escassez de talentos no mercado de trabalho brasileiro.

Especialistas afirmam que, na esteira do envelhecimento da população, essa visão começa a mudar.

Deixe uma resposta

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook
Facebook
contador de acessos